Buscar

América Latina: Nova rede lançada para responder aos marítimos sob ameaça



Os sindicatos de toda a América Latina se comprometeram a fornecer assistência e solidariedade aos marítimos em dificuldades nos portos da América Central e do Sul, disse a Federação Internacional dos Trabalhadores em Transportes (ITF).


Uma reunião em Cartagena, realizada na semana passada, culminou com o lançamento da Rede de Contatos da América Latina da ITF.


A Rede de Contatos Latino-Americanos da ITF segue o estabelecimento da rede do Mundo Árabe, lançada em janeiro de 2017 com o objetivo de desenvolver uma estrutura mais sólida de contratos sindicais para lidar com pedidos de ajuda e coordenação de casos de exploração marítima.


Representantes de sindicatos afiliados à ITF na Colômbia, Costa Rica, El Salvador, Guatemala, Peru e Uruguai participaram de um treinamento de dois dias nos dias 4 e 5 de abril. O curso enfocou os direitos trabalhistas dos marítimos sob a Convenção do Trabalho Marítimo (MLC), os Acordos da ITF e o sistema de Flag of Convenience (FoC) e o papel da Inspetoria da ITF na proteção das condições de vida e trabalho dos marítimos.


Conforme explicado, a rede reforçaria a capacidade da ITF de aplicar padrões para as condições de emprego na região da América Latina e garantir que os armadores cumpram suas obrigações de proporcionar salários, condições de trabalho e condições de vida decentes a bordo.


“Nosso objetivo é aumentar nossa capacidade de fornecer apoio confiável aos marítimos que solicitam assistência nesses países e também ajudar na organização e coleta de informações para todas as campanhas marítimas da ITF”, comentou Steve Trowsdale, Coordenador da Inspetoria da ITF.


“Em toda a América Latina, marinheiros e estivadores foram submetidos a ataques a seus direitos de trabalho seguro e decente, mobilizaremos essa rede para responder a qualquer trabalhador que esteja sob ameaça. Estamos comprometidos em defender os direitos dos marítimos internacionais explorados, protegendo os marinheiros que trabalham em seu comércio interno e os estivadores fazendo o trabalho pesado na costa ”, acrescentou.


Fonte: World Maritime News

0 visualização
Setor de Autarquias Sul (SAUS), Quadra 1, Bloco J, Entrada 10, Edíficio Clésio Andrade, sala 508, Cep:  70070-944

Contato: (61)3224-1008
faleconosco@fenavega.com
Siga nossas redes sociais:
  • Facebook Social Icon

© 2020  - Federação Nacional das Empresas de Navegação Aquaviária