Buscar

Amazonas pode produzir 32 mil toneladas de grãos até 2019


Segundo o documento, esta variação positiva reflete uma maior área de plantio da oleaginosa. Os agricultores têm optado pelo grão devido à maior liquidez e à possibilidade de melhor rentabilidade em relação a outras culturas.

Além disso, a facilidade de escoamento, por meio de hidrovias, faz com que os produtores se sintam estimulados a continuar apostando na soja.

Milho, arroz e feijão em queda

A produção de milho tende a se manter estável, apresentando uma ligeira queda de 400 toneladas, chegando a uma colheita de 20,3 mil toneladas. Por outro lado, arroz e feijão devem registrar queda na área plantada.

Enquanto para a cultura do arroz também está prevista queda na produtividade e consequentemente na produção, o feijão plantado no estado amazonense pode apresentar uma boa relação de colheita por hectare.

O aumento previsto de 14,4% na produtividade compensa a menor área plantada, podendo chegar a uma produção de 3,2 mil toneladas.

Outras informações do 1º Levantamento – Safra 2018/19, com os dados da produção em todo o país, estão disponíveis no site da Conab.

Fonte: Divulgação/Governo Federal

10 visualizações
Setor de Autarquias Sul (SAUS), Quadra 1, Bloco J, Entrada 10, Edíficio Clésio Andrade, sala 508, Cep:  70070-944

Contato: (61)3224-1008
faleconosco@fenavega.com
Siga nossas redes sociais:
  • Facebook Social Icon

© 2020  - Federação Nacional das Empresas de Navegação Aquaviária