Buscar

Após cinco anos de crise, há retomada do setor de óleo e gás no Brasil 

O ano de 2019 ficará marcado na história do Porto de Imbituba como o melhor ano operacional de sua história. Em novembro deste ano, o porto do sul de Santa Catarina ultrapassou os 5,2 milhões de toneladas movimentadas em 2018, recorde anual anterior. O incremento na movimentação de grãos, a atração de novas cargas e o bom desempenho da cabotagem de contêineres são alguns dos fatores que contribuíram para esse resultado. A expectativa da SCPar Porto de Imbituba, autoridade portuária, é que o porto feche dezembro com cerca de 5,7 milhões de toneladas no ano, registrando um crescimento de aproximadamente 9% em relação a 2018. As importações lideraram as movimentações no porto, com 47,4% do total movimentado. A exportação representou 37,8% e a cabotagem 14,8% de todas as cargas que passaram pelo Porto de Imbituba de janeiro a novembro de 2019. Em março, o porto público alcançou seu maior desempenho operacional mensal, com 592 mil toneladas movimentadas no mês. Ao mesmo tempo em que a operação bate recorde, o número de navios atracados diminuiu 16% no período de janeiro a novembro, comparado ao ano anterior. A relação é explicada pelo recebimento de navios com maior capacidade de carga, motivado pela facilidade de acesso marítimo ao Porto. Além de estar situado em uma enseada aberta, o Porto de Imbituba conta com condições de profundidade que o colocam como uma das melhores condições navegáveis do país.

Portos e Navios Marintec Navalshore Porto de Imbituba bate recorde histórico de movimentação anual Redação PORTOS E LOGÍSTICA COMMENTS 0 12/12/2019 - 16:51 O ano de 2019 ficará marcado na história do Porto de Imbituba como o melhor ano operacional de sua história. Em novembro deste ano, o porto do sul de Santa Catarina ultrapassou os 5,2 milhões de toneladas movimentadas em 2018, recorde anual anterior. O incremento na movimentação de grãos, a atração de novas cargas e o bom desempenho da cabotagem de contêineres são alguns dos fatores que contribuíram para esse resultado. A expectativa da SCPar Porto de Imbituba, autoridade portuária, é que o porto feche dezembro com cerca de 5,7 milhões de toneladas no ano, registrando um crescimento de aproximadamente 9% em relação a 2018. As importações lideraram as movimentações no porto, com 47,4% do total movimentado. A exportação representou 37,8% e a cabotagem 14,8% de todas as cargas que passaram pelo Porto de Imbituba de janeiro a novembro de 2019. Em março, o porto público alcançou seu maior desempenho operacional mensal, com 592 mil toneladas movimentadas no mês. Ao mesmo tempo em que a operação bate recorde, o número de navios atracados diminuiu 16% no período de janeiro a novembro, comparado ao ano anterior. A relação é explicada pelo recebimento de navios com maior capacidade de carga, motivado pela facilidade de acesso marítimo ao Porto. Além de estar situado em uma enseada aberta, o Porto de Imbituba conta com condições de profundidade que o colocam como uma das melhores condições navegáveis do país. Publicidade Marintec Navalshore As cargas de coque de petróleo (19,4%), milho (17%), contêneires (14,7%) e soja (11,5%) foram os produtos com maior volume de movimentação no porto. Ao longo do ano também se destacaram as importações de sal (9,5%), uréia (8,4%) e hulha betuminosa (4,8%), e as exportações de toras de madeira (3,2%). As porcentagens se referem à representatividade das cargas no total movimentado de janeiro a novembro de 2019. Além disso, algumas cargas voltaram a serem operadas, como o malte e o minério de ferro. O diretor-presidente da SCPar Porto de Imbituba, estatal que administra o porto, avalia que esse crescimento reflete os esforços de trabalho conjunto da comunidade portuária de Imbituba. “Gostaria de parabenizar nossos arrendatários, operadores, agências, trabalhadores, órgãos intervenientes, servidores de carreira, enfim, toda essa cadeia complexa e interligada de atores que diariamente tem trabalhado para desenvolver o Porto de Imbituba e região, todos aqueles que contribuíram para que neste final de ano comemoremos mais uma marca história”, enfatiza Ziegler.

Fonte: Portos e Navios

5 visualizações
Setor de Autarquias Sul (SAUS), Quadra 1, Bloco J, Entrada 10, Edíficio Clésio Andrade, sala 508, Cep:  70070-944

Contato: (61)3224-1008
faleconosco@fenavega.com
Siga nossas redes sociais:
  • Facebook Social Icon

© 2020  - Federação Nacional das Empresas de Navegação Aquaviária