Buscar

Arco Norte ultrapassa outros portos em movimentação de soja e milho

No primeiro semestre deste ano, os portos da região Norte foram responsáveis por 51% da movimentação de soja e milho do Brasil


Pela primeira vez, os portos do chamado Arco Norte movimentaram mais soja e milho em relação às demais regiões do Brasil.


No primeiro semestre deste ano, os terminais da região Norte – mais a atividade no Maranhão, que também compõe o arco – foram responsáveis por 51% da movimentação dos dois produtos.

Os dados foram apresentados pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) nesta segunda-feira (15).


Portos

Enquanto 41,5 milhões de toneladas de soja e milho passaram pelo Arco Norte, os demais portos registraram movimentação de 40 milhões de toneladas das commodities.


Ano a ano a região vem crescendo em participação na movimentação portuária. Em 2010, apenas 23% da soja e milho eram movimentadas pelo arco, contra 77% das demais regiões.


Englobando portos como de Santarém, Santana, de Itaqui e Ilhéus, além de terminais como o de Vila do Conde e Ponta da Montanha, o Arco Norte fica a uma distância menor dos portos da Europa e Ásia e tem recebido mais infraestrutura de transporte e instalação de terminais nos últimos anos.


De acordo com técnicos da Antaq, além do crescimento contínuo da região, o Arco Norte foi beneficiado, no primeiro semestre, pela seca enfrentada na região Sul, que reduziu a movimentação nos demais portos.


Fonte: Canal Rural

75 visualizações