Buscar

Brasília recebe o Simpósio ‘Amazônia Azul 2018 – Patrimônio brasileiro a preservar e proteger’


O Estado-Maior da Armada, por meio do Centro de Estudos Político-Estratégicos da Marinha (CEPE-MB), realizará, no dia 12 de novembro, no Auditório do Colégio Mackenzie de Brasília, o Simpósio “Amazônia Azul 2018 – Patrimônio brasileiro a preservar e proteger”.


O simpósio visa, entre outros aspectos, despertar a atenção da sociedade brasileira para a importância de conhecer melhor esse espaço marítimo, suas potencialidades, sua biodiversidade e suas vulnerabilidades, de forma que fomentemos a consciência da necessidade de sua proteção como vital patrimônio brasileiro. O evento é aberto para alunos de graduação e pós-graduação, membros da comunidade acadêmica, militares e interessados no tema. As inscrições serão limitadas e poderão ser realizadas até às 12h do dia 9 de novembro, por meio do site www.simposioamazoniaazul2018.mar.mil.br.


Conceito Pelo mar fomos descobertos e a partir do mar e dos rios consolidamos nossa independência e fixamos as fronteiras ao norte, sul e oeste, o que garantiu a integridade do nosso território, com dimensões continentais. Também pelo mar e pelos rios, ao longo da nossa História, nos defendemos das mais graves agressões à soberania nacional.


Assim, entender a importância do mar e dos rios exige a absorção de conhecimentos e percepções que normalmente deixam de estar ao alcance de significativa parte do povo brasileiro. Porém cada vez mais constatamos que é pela via marítima e por hidrovias que trafegam os produtos e serviços vitais para o Brasil.


Tendo em vista as diretrizes da Convenção das Nações Unidas sobre o Direito do Mar (CNUDM) e estudos geopolíticos voltados para os oceanos, a Marinha do Brasil vem consolidando o conceito político-estratégico Amazônia Azul, que insere em posição decisiva os espaços oceânicos e ribeirinhos sobre os destinos do povo brasileiro e na dinâmica das relações internacionais.


Esse conceito visa a conscientizar os brasileiros sobre a importância política, estratégica e econômica do nosso território marítimo, com uma área de aproximadamente 4,5 milhões de km2, sendo 3,6 milhões correspondentes à zona econômica exclusiva, acrescidos de 950 mil km2 de plataforma continental, onde estão os cabos submarinos – meio de transmissão da maior parte de dados, primordiais para as nossas comunicações – e trafegam 95% do comércio exterior brasileiro, que representam 91% do petróleo e 73% do gás natural produzidos no País.


Adicionalmente a essa pujança na área econômica e energética, temos a riqueza em biodiversidade. Nosso território no mar é crucial na regulação do clima, absorvendo e paulatinamente liberando imensas quantidades de calor, no processamento de nutrientes, por meio de ciclos naturais, e contempla ampla gama de serviços, reservas minerais e alimentos, que beneficiam grande parcela da nossa população.


Programação

8h – 9h – Credenciamento.

9h – 9h15 – Abertura.

9h15 – 9h45 – Painel 1 – Economia Azul, Prof. Dr. Rodrigo More (UNIFESP).

9h45 – 10h15 – Painel 2 – Pesquisas Científicas: esforços brasileiros para conhecer melhor os recursos e o potencial da Amazônia Azul, Prof. Dr. José Henrique Muelbert (FURG).

10h15 – 10h45 – Intervalo.

10h45 – 11h15 – Painel 3 – O Contexto Oceanopolítico do Atlântico Sul, Alte Esq (Ref – FN), Dr. Alvaro A. D. Monteiro (CEPE-MB).

11h15 – 12h – Debates. Moderador: Embaixador Alessandro Warley Candeas (MRE).12h – Encerramento.


O Colégio Mackenzie está localizado na SHIS, QI 05, Chácara 74 a 79, Lago Sul, Brasília-DF.

Departamento de Imprensa do Centro de Comunicação Social da Marinha (61) 3429-1293 / (61) 99194-2788


Fonte: Poder Naval

8 visualizações
Setor de Autarquias Sul (SAUS), Quadra 1, Bloco J, Entrada 10, Edíficio Clésio Andrade, sala 508, Cep:  70070-944

Contato: (61)3224-1008
faleconosco@fenavega.com
Siga nossas redes sociais:
  • Facebook Social Icon

© 2020  - Federação Nacional das Empresas de Navegação Aquaviária