Buscar

Brasil tenta aval para exportar carnes bovina e suína ao Japão


A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, afirmou que as conversas com seu colega japonês, Takamori Yoshikawa, para liberação da importação de carnes bovina e suína do Brasil pelo país asiático estão avançando. Ontem, Tereza Cristina manteve, em São Paulo, a quarta rodada de diálogos com Yoshikawa sobre essa e outras questões.


"O Japão costumeiramente importa carne de países livres de vacinação contra febre aftosa. E só temos Santa Catarina nessa condição. Minha proposta foi incluir Goiás, Rondônia, Paraná e Rio Grande do Sul como regiões que podem exportar após uma visita técnica japonesa". Segundo a ministra, uma missão do Japão nesse sentido poderá vir no ano que vem ao Brasil. "Por enquanto as tratativas continuam".


Em encontro com jornalistas, a ministra falou que também discutiu com o representante japonês a liberação das exportações de abacate, mas que o sinal verde envolve questões sanitárias que "levam tempo para serem sanadas". Foi tema das conversas, ainda, uma cooperação técnica entre universidades brasileiras e a Embrapa e universidades japonesas. "Também abordamos questões de rotulagem e material genético de aves".


Depois de se reunir com o ministro japonês, Tereza Cristina esteve na Câmara de Comércio Árabe-Brasileira (CCAB) e confirmou que viajará para Arábia Saudita, Kuwait e Emirados Árabes Unidos entre os 14 a 23 de setembro. A ideia é estreitar as relações comerciais sobretudo após o desconforto causado pela ameaça - não cumprida - do governo de transferir a embaixada brasileira em Israel.


Fonte: Valor

3 visualizações
Setor de Autarquias Sul (SAUS), Quadra 1, Bloco J, Entrada 10, Edíficio Clésio Andrade, sala 508, Cep:  70070-944

Contato: (61)3224-1008
faleconosco@fenavega.com
Siga nossas redes sociais:
  • Facebook Social Icon

© 2020  - Federação Nacional das Empresas de Navegação Aquaviária