Buscar

Chuva ainda não é suficiente para melhorar nível dos rios em MS, aponta Imasul

Precipitação com pouco volume tirou o Rio Aquidauana do nível de alerta


Mesmo com o fim da estiagem e o início do período de chuvas, o volume registrado ainda não foi suficiente para melhorar o nível dos rios de Mato Grosso do Sul. Depois de ter cinco pontos em alerta, o nível dos rios de Mato Grosso do Sul apresentou pequena melhora e registrou quatro pontos abaixo do recomendado. Os dados são do Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul).


Conforme o boletim, no mês de setembro – o mais crítico, o estado chegou a ter 5 pontos em alerta pelo Imasul. No dia 22 de setembro, o nível dos rios Paraguai, Piquiri, Aquidauana e Pardo estavam em alerta.


Então, a chegada da chuva em outubro cravou o fim do período de estiagem em MS. Entretanto, o volume das precipitações ainda não foi suficiente para normalizar o nível dos rios.


O boletim desta terça-feira (20) mostra que a situação ainda é crítica, principalmente no Rio Paraguai. A régua de Ladário marcou -30cm, sendo que há um mês o nível estava positivo em 19cm.


A última medição obtida para o ponto de Porto Esperança foi de -93cm. No dia 20 de setembro o nível estava em -49cm. Já em Porto Murtinho, nesta terça-feira, o nível do rio mediu 99cm, quando há 30 dias estava 154cm.


Melhorou

Nesta semana, o nível do rio Piquiri, em São José do Piquiri, saiu do nível de alerta. No dia 18, estava medindo 168cm e subiu para 172cm nesta terça-feira.


Fonte: Midia Max

2 visualizações
Setor de Autarquias Sul (SAUS), Quadra 1, Bloco J, Entrada 10, Edíficio Clésio Andrade, sala 508, Cep:  70070-944

Contato: (61)3224-1008
faleconosco@fenavega.com
Siga nossas redes sociais:
  • Facebook Social Icon

© 2020  - Federação Nacional das Empresas de Navegação Aquaviária