Buscar

CPH e secretaria de turismo tratam sobre Terminal Hidroviário de Santarém

O equipamento terá 3,6 mil metros quadrados de área construída, 16 guichês, guarda-volumes, sistema de climatização, banheiros, lanchonetes e restaurante


No ano em que Santarém, oeste paraense, completa 360 anos de fundação, os moradores da cidade devem ganhar um presente muito esperado. As obras do Terminal Hidroviário de Cargas e Passageiros estão avançadas e devem contribuir para fomentar o turismo na região. Na manhã desta quarta-feira (19), o presidente da Companhia de Portos e Hidrovias do Pará (CPH), Abraão Benassuly, recebeu o secretário municipal de turismo de Santarém, Alaércio Cardoso, e repassou detalhes do porto, considerado o mais moderno do Brasil.


“Além de integrar o Baixo Amazonas e Calha Norte, o Terminal Hidroviário de Santarém vai ajudar a potencializar o turismo na região, que tem vocação pra receber grandes cruzeiros, e trazendo a geração de emprego e renda local por meio dessa atividade”, disse Abraão Benassuly.

Para o secretário municipal de Turismo, Santarém vai ganhar um equipamento moderno para o desenvolvimento da região. “É um belo presente para o município de Santarém que tem um momento importante agora com o governador Helder (Barbalho), que tem realmente olhado para Santarém. Tem um compromisso importantíssimo com a região. Estou muito feliz e entusiasmado com o que estamos vendo, com a obra do Terminal em excelente estado, está muito avançada e a expectativa é de que a gente tenha esse terminal funcionando o mais rápido possível porque a demanda é gigantesca”, avaliou Alaércio Cardoso.


“Vai somar muito para o turismo de Santarém tendo em vista que temos realmente uma carência de um terminal deste porte na região para atender os nossos ribeirinhos das cidades vizinhas, o nosso turista para Santarém e também as pessoas que vêm fazer as suas atividades no nosso município”, completou ele.


Estrutura - O terminal terá 3,6 mil metros quadrados de área construída, 16 guichês para venda de bilhetes, guarda-volumes, sistema de climatização, banheiros masculino, feminino e para pessoas com deficiência, farmácia, três lanchonetes e restaurante. A sala de embarque vai contar com 1.205 cadeiras e rede wifi gratuito para os usuários.


Haverá, ainda, espaços para instalação de lojas e quiosques, e salas para órgãos de segurança e justiça, como Polícia Militar, Conselho Tutelar e Agência de Regulação e Controle dos Serviços Públicos do Pará (Arcon). Já o terminal de cargas terá um galpão com mais de 6 mil metros quadrados. A construção do terminal também representa a criação de postos de trabalhos, com a geração de 700 empregos diretos e 150 indiretos na região.


Para auxiliar no embarque e desembarque de passageiros, o espaço terá rampa metálica biarticulada, passarela coberta em concreto, e flutuante com oito fingers, para atraque das embarcações. Na área externa, o terminal vai dispor de estacionamento com 5,8 mil metros quadrados e vagas para carros, motocicletas e bicicletas, além de pontos para táxis e ônibus.

O Terminal Hidroviário de Passageiros e Cargas de Santarém será entregue em breve pelo Governo do Pará, por meio da CPH.


Fonte: Agência Pará

1 visualização