Buscar

Diretor da ANTAQ participa do Nordeste Export

Adalberto Tokarski defendeu um avanço no acesso ferroviário para portos da Região Nordeste


O diretor da ANTAQ, Adalberto Tokarski, participou, nesta terça-feira (27), do Nordeste Export – Fórum Regional de Logística e Infraestrutura Portuária. Tokarski palestrou, virtualmente, no painel “Gargalos do Transporte Multimodal do Nordeste”.


Durante sua fala, o diretor da Agência destacou os portos de Itaqui (MA), Pecém (CE), Mucuripe (CE), Suape (PE), Natal, Cabedelo (PB), Salvador e Aratu (BA). Disse que são complexos portuários importantes para a armazenagem e movimentação de cargas, porém, alguns deles necessitam de um incremento no acesso ferroviário. “Não vejo no futuro um porto eficiente sem um excelente acesso ferroviário”, afirmou Tokarski, enfatizando a importância da Ferrovia Transnordestina para diminuir os problemas de acesso para os portos da Região Nordeste.

O diretor também ressaltou que a dragagem é fundamental para os portos brasileiros. “Um ou outro terminal necessita, pois o governo federal vem avançando nesse ponto.”


Tokarski lembrou, ainda, que, no Porto de Aratu, o terminal de granéis sólidos precisa se modernizar e atualizar seus equipamentos para um maior ganho de eficiência. A ANTAQ e governo federal estão trabalhando continuadamente com o programa de arrendamentos portuários, que está trazendo mais investimentos e dotando as instalações com mais infraestrutura para atender a movimentação de cargas que vem crescendo. Para 2020, estão previstos leilões no Porto de Maceió para movimentação de granéis líquidos (ácido sulfúrico) e duas áreas em Aratu – para minério e granel vegetal.


O diretor da Agência citou também as quatro áreas do Porto de Itaqui que serão licitadas em 2021 para armazenagem e movimentação de granéis líquidos; uma área em Mucuripe para granel vegetal; e outra em Maceió para carga geral, notadamente açúcar. Tokarski destacou também que a ANTAQ e o Ministério da Infraestrutura estão preparando um arrendamento portuário no Terminal de Areia Branca (RN) para granel mineral, principalmente sal.


No início de sua fala, Tokarski destacou uma figura que deverá impulsionar os arrendamentos em 2021: o arrendamento simplificado.


Fonte: Antaq

2 visualizações
Setor de Autarquias Sul (SAUS), Quadra 1, Bloco J, Entrada 10, Edíficio Clésio Andrade, sala 508, Cep:  70070-944

Contato: (61)3224-1008
faleconosco@fenavega.com
Siga nossas redes sociais:
  • Facebook Social Icon

© 2020  - Federação Nacional das Empresas de Navegação Aquaviária