Buscar

DNIT executa aterro para a passagem seca no rio Autaz-Mirim na BR-319/AM


A equipe do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) segue em ritmo intenso para concluir os trabalhos necessários para restabelecer a trafegabilidade na BR-319/AM. Ao longo desta semana, as ações estão focadas na execução do aterro sobre o bueiro triplo tubular, que integra o sistema de drenagem da travessia seca no rio Autaz-Mirim.


Com a finalidade de proteger e garantir a integridade da tubulação, o aterro terá cerca 1,50 metro de altura acima das linhas de tubos. Até o final desta semana, esta etapa de implantação da passagem seca de 30 metros de extensão será concluída e a travessia poderá ser liberada.

Já em relação à passagem sobre o rio Curuçá, o DNIT concluiu os acessos necessários para a atracação da balsa que irá realizar a travessia.


Desta forma, ao finalizar a passagem seca, o DNIT restabelecerá por completo a trafegabilidade da rodovia, direcionando todos os esforços para a reconstrução das pontes.


EMERGÊNCIA – O Departamento publicou na edição do Diário Oficial da União (DOU) do dia 11 de outubro, as portarias que decretam situação de emergência de ambas as pontes. A partir da decretação de emergência, o DNIT tem autorização para realizar a contratação dos serviços para a reconstrução das travessias.


Fonte: DNIT

0 visualização