Buscar

DNIT inicia serviços de manutenção na hidrovia do rio Paraguai

Equipes atuam para proporcionar melhores condições de navegabilidade aos usuários

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) iniciou os serviços de manutenção no tramo norte do rio Paraguai. Para garantir que os usuários possam utilizar a hidrovia para navegação de forma comercial e turística, as equipes da Autarquia realizam a desobstrução de vegetação e balseiros entre as cidades de Cáceres/MT e Corumbá/MS.


O rio Paraguai é conhecido pela grande quantidade de vegetação flutuante transportada pelas suas águas. Os colaboradores do DNIT realizam a retirada de balseiros, ou seja, a vegetação aglomerada no canal navegável. A vegetação flutuante causa obstrução da via, além de interrupção do tráfego e necessidade de paradas sucessivas para limpeza do sistema propulsor.

A hidrovia do rio Paraguai é uma rota importante para o escoamento de grãos (soja, milho) e minérios (ferro e manganês), com destino à Argentina e Uruguai, de onde seguem para os mercados europeu e asiático. O DNIT atua para que a hidrovia do rio Paraguai tenha as condições necessárias para se obter a mais ampla liberdade de trânsito fluvial de transporte de pessoas, de bens, e a livre navegação ao longo do trecho.


Importância - O rio Paraguai é um curso de água da América do Sul que banha o Brasil, Bolívia, Paraguai e a Argentina. O rio nasce no município de Alto Paraguai no estado brasileiro do Mato Grosso e banha também o estado do Mato Grosso do Sul, sendo afluente do rio Paraná.

Fonte: Coordenação-Geral de Comunicação Social - DNIT

7 visualizações