Buscar

EcoRodovias arremata trecho de 437 km no primeiro leilão do governo Bolsonaro

BRs 364 e 365, entre Uberlândia (MG) e Jataí (GO), serão administradas pela concessionária por um período de 30 anos


O Ministério da Infraestrutura e a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) realizaram, nesta sexta-feira (27), na Bolsa de Valores de São Paulo, o primeiro leilão rodoviário do governo de Jair Bolsonaro. Com tarifa de pedágio de R$ 4,69364 e deságio de 33,14% em relação ao valor máximo estipulado em edital, a EcoRodovias arrematou o trecho de 437 km da BR-364 e da BR-365, que liga Minas Gerais a Goiás, e é a principal passagem para escoamento da produção agroindustrial do sudeste goiano e do Triângulo Mineiro. A EcoRodovias irá investir R$ 4,59 bilhões na rodovia, ao longo de 30 anos.


O trecho entre Jataí (GO) e Uberlândia (MG) faz a conexão com as rodovias BR-050 e BR-153 e ajudará na conexão de rotas entre as regiões produtoras do Centro-Oeste brasileiro e os centros consumidores do Sudeste e o Porto de Santos. Além disso, beneficiará 11 municípios, sendo eles: Jataí/GO, Aparecida do Rio Doce/GO, Cachoeira Alta/GO, Paranaiguara/GO, São Simão/GO, Santa Vitória/MG, Gurinhatã/MG, Ituiutaba/MG, Canápolis/MG, Monte Alegre de Minas/MG e Uberlândia/MG.


A expectativa é que sejam gerados 1,3 mil empregos diretos e 2,4 mil indiretos nos primeiros 15 anos de concessão. Entre as principais obras previstas para a rodovia, estão a duplicação de 44,2 quilômetros, a construção de 160 quilômetros de terceira faixa e 19,4 quilômetros de vias marginais. Além da implantação de 80 quilômetros de acostamento na BR-364/GO, haverá três novos dispositivos de interconexão, nove passarelas de pedestres, sete melhorias de interseções, uma passagem inferior e iluminação nas travessias urbanas e nas vias marginais, entre outras melhorias.


A concessão ainda prevê sete praças de pedágio: quatro em Minas Gerais (Uberlândia, Monte Alegre de Minas, Ituiutaba e Santa Vitória) e três em Goiás (Paranaiguara, Cachoeira Alta e Jataí). A tarifa máxima de pedágio será de R$ 7,02.


Com informações do Ministério da Infraestrutura


Fonte: Agência CNT de Notícias

0 visualização
Setor de Autarquias Sul (SAUS), Quadra 1, Bloco J, Entrada 10, Edíficio Clésio Andrade, sala 508, Cep:  70070-944

Contato: (61)3224-1008
faleconosco@fenavega.com
Siga nossas redes sociais:
  • Facebook Social Icon

© 2020  - Federação Nacional das Empresas de Navegação Aquaviária