Buscar

EMPRESA PEDE À MARINHA PARA NAVEGAR SEM MANOBRISTAS DE NAVIOS


Uma empresa com um caso recente de encalhe de navio pediu à Marinha que autorize seus comandantes a fazer o serviço de praticagem, a operação de manobra dos navios.


A praxe é que esse trabalho seja executado pelos práticos, profissionais treinados para conduzir as embarcações nos canais de acesso aos terminais.

A Hidrovias do Brasil, que formalizou a solicitação à Marinha, transporta bauxita entre os portos de Trombetas e Vila do Conde, no Pará.


Há duas semanas, um navio da empresa, com 74 mil toneladas de bauxita, ficou cinco dias encalhado nessa região, na Barra Norte do Rio Amazonas. Em operações de desencalhe, há risco de derramamentos de óleo .


Procurada, a Hidrovias do Brasil afirmou que a solicitação está de acordo com experiências em outros países e que "valoriza os comandantes das embarcações", que terão "todos os treinamentos necessários".


A empresa afirmou que o encalhe do navio não trouxe "qualquer risco de contaminação" e que "todos os navios da companhia são classificados por certificadora internacional".

Procurada, a Marinha informou que ainda aguarda a "apresentação do projeto completo" da Hidrovias do Brasil e que só responderá ao pedido da empresa após testes.


Fonte: Época

0 visualização
Setor de Autarquias Sul (SAUS), Quadra 1, Bloco J, Entrada 10, Edíficio Clésio Andrade, sala 508, Cep:  70070-944

Contato: (61)3224-1008
faleconosco@fenavega.com
Siga nossas redes sociais:
  • Facebook Social Icon

© 2020  - Federação Nacional das Empresas de Navegação Aquaviária