Buscar

Empresa que opera balsas em rios no Tocantins anuncia encerramento de duas linhas

Pipes informou que não fará mais a travessia para o Pará a partir de Ananás e entre Palmeirante e a TO-226. Encerramento é a partir de 25 de junho.


A empresa de navegação Pipes, que opera balsas entre vários municípios do Tocantins, anunciou o encerramento de duas linhas no estado. A partir do dia 25 de junho, não serão mais realizadas as travessias entre Ananás e Palestina (PA) e entre Palmeirante e a TO-226.


Os rios em que estas travessias eram feitas são o Araguaia e o Tocantins. De acordo com o comunicado enviado pela empresa, o motivo da decisão é a queda na demanda que tem ocasionado problemas financeiros. O decreto do Governo do Pará que restringiu a entrada de pessoas de outros estados no território paraense também teria limitado as operações.

As outras linhas da Pipes, como a travessia do rio Tocantins entre Filadélfia e Carolina (MA) e entre Miracema e Tocantínia, na região central do estado, não são afetadas por essas medidas. Em nota, a Agência Tocantinense de Regulação (ATR) informou que vai tomar conhecimento da situação para analisar as medidas legais cabíveis. A travessia dos rios é um serviço de concessão pública e por isso é monitorado pelo governo.


Fonte: G1

4 visualizações
Setor de Autarquias Sul (SAUS), Quadra 1, Bloco J, Entrada 10, Edíficio Clésio Andrade, sala 508, Cep:  70070-944

Contato: (61)3224-1008
faleconosco@fenavega.com
Siga nossas redes sociais:
  • Facebook Social Icon

© 2020  - Federação Nacional das Empresas de Navegação Aquaviária