Buscar

Estrada fundamental para o turismo ecológico e para o agronegócio chega a 91 quilômetros restaurados

Governo Federal entregou trecho revitalizado de 23 quilômetros entre Chapadão do Sul e Paraíso das Águas


Rota importante para o ecoturismo e para o escoamento da produção agropecuária no Mato Grosso do Sul, a BR-060/MS chegou a 91,4 quilômetros de pavimentos recuperados. Nesta quinta-feira (14), o Governo Federal, por meio do Ministério da Infraestrutura, entregou mais 23 quilômetros de obras, com investimento de R$ 2,53 milhões.


Além de reduzir o número de acidentes, a rodovia restaurada vai facilitar o acesso entre as cidades sul-mato-grossenses, contribuindo para a aumento do turismo e o desenvolvimento econômico do estado. Com o investimento de, foram realizados revestimentos e reparos tanto profundos quanto superficiais.


A BR-060/MS é uma rodovia federal que faz ligações entre estradas que percorrem a rota turística entre Campo Grande e a região de Bonito, chegando até a fronteira Brasil/Paraguai, em Bela Vista. Essencial ao escoamento da produção agrícola, a estrada também fará parte da rota rodoviária bioceânica, a futura Rota de Integração Latino-americana (RILA), que será responsável por ligar o porto de Santos aos portos chilenos.


Na mesma pista, já haviam sido feitas melhorias este ano pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). Em setembro, foram entregues 23,28 quilômetros, entre Sidrolândia e Nioaque. Em julho, foram 32,7 quilômetros, também entre Sidrolândia e Nioaque e entre Jardim e Bela Vista. Em junho, foram mais 12,30 quilômetros recuperados, entre Campo Grande e Sidrolândia.


Fonte: Assessoria Especial de Comunicação Ministério da Infraestrutura

1 visualização