Buscar

Henrique Meirelles diz que vai apostar em hidrovia como solução para logística


O candidato à Presidência Henrique Meirelles (MDB) afirmou nesta segunda-feira (17) que, se eleito, pretende investir em hidrovias para escoar a produção do Mato Grosso do Sul. Pela manhã, ele cumpriu agenda na Federação das Indústrias de MS (Fiems), em Campo Grande, e afirmou:

"Precisa de logística, isto é, transporte, rodovia, principalmente. Rodovia, ou mesmo o que não sendo falado no Brasil hoje, que é a hidrovia. Se você olhar os principais países do mundo, o crescimento foi muito impulsionado pela hidrovia, porque hidrovia é um método rápido e barato de transporte, e de custo altamente competitivo em termos internacionais".

Meirelles também citou uma hidrovia já existente na região: "Nós temos principalmente aqui, nessa região, em direção à bacia amazônica, ou mesmo aos portos do norte, por exemplo, a própria hidrovia da bacia Araguaia-Tocantins, de um lado, além da bacia Amazônica do outro".

"Se olharmos apenas o exemplo da bacia Araguaia-Tocantins, nós temos lá uma pedra enorme, que é o famoso "Pedrão do Lourenço", mas no momento em que for aberto um canal ali, que é totalmente viável do ponto de vista técnico e financeiro, abrir um canal, adaptar um sistema de navegação equivalente aos melhores do mundo, barato, rápido e que vai viabilizar o escoamento da produção do centro-oeste."

O candidato comentou ainda sobre crédito rural em MS: "Aqui, certamente, a segurança rural será um ponto fundamental. [...] A questão dos juros para o setor agrícola, a gente precisa em primeiro lugar, crédito, crédito disponível e juros adequados".

Meirelles visitou o Mercadão Municipal e no início da tarde seguiu para Ponta Porã, na fronteira com o Paraguai, onde fez caminhada pelo centro da cidade.


Fonte: G1

4 visualizações
Setor de Autarquias Sul (SAUS), Quadra 1, Bloco J, Entrada 10, Edíficio Clésio Andrade, sala 508, Cep:  70070-944

Contato: (61)3224-1008
faleconosco@fenavega.com
Siga nossas redes sociais:
  • Facebook Social Icon

© 2020  - Federação Nacional das Empresas de Navegação Aquaviária