Buscar

Hidrovias do Brasil adere ao movimento #NaoDemita


Empresa se compromete a manter o quadro de funcionários até o final de maio apesar da crise do coronavírus; objetivo é evitar um colapso econômico e social



A Hidrovias do Brasil aderiu recentemente ao movimento #NaoDemita, comprometendo-se a mnter seu quadro de colaboradores pelos próximos 60 dias, por conta da pandemia do novo coronavirus (Covid-19). O objetivo é ajudar a evitar um colapso econômico e social na sociedade durante o período crítico da pandemia, por meio da manutenção de seu quadro de funcionários. A Hidrovias do Brasil conta com mais de 1.000 colaboradores divididos entre São Paulo, Pará e também Paraguai e Uruguai.


Tomamos a decisão de participar do movimento #NãoDemita, pois ele está alinhado aos valores sociais da Hidrovias do Brasil. Entendemos que é importante que as empresas se unam, nesse momento, em defesa da economia e dos empregos", comenta Fabio Schettino, diretor presidente da Hidrovias do Brasil.


O movimento #NaoDemita foi criado no início de abril, por iniciativa da Ânima Educação e de outras 40 empresas, com o apoio de grandes nomes como as varejistas Magazine Luiza e GPA, os bancos Santander e Itaú Unibanco e as fabricantes de cosméticos Natura e Boticário. Com o objetivo de salvar até 2 milhões de empregos, o movimento ganhou força e, até 14 de abril, cerca de 3 mil empresas se comprometeram a não demitir seus funcionários em meio a crise do novo coronavírus.


Fonte: Porto Gente

29 visualizações
Setor de Autarquias Sul (SAUS), Quadra 1, Bloco J, Entrada 10, Edíficio Clésio Andrade, sala 508, Cep:  70070-944

Contato: (61)3224-1008
faleconosco@fenavega.com
Siga nossas redes sociais:
  • Facebook Social Icon

© 2020  - Federação Nacional das Empresas de Navegação Aquaviária