Buscar

Hidrovias do Brasil não navegou em outubro devido à crise hídrica, mas espera melhora



A empresa informa que não navegou no período na região de Corumbá, onde transporta minério de ferro, seguindo o comunicado divulgado ao mercado em 1º de outubro de 2021


A Hidrovias do Brasil informou nesta segunda-feira (1º) que não navegou no mês de outubro na região de Corumbá — onde transporta minério de ferro —, seguindo a previsão compartilhada com o mercado na divulgação de resultados do segundo trimestre de 2021 e no comunicado ao mercado divulgado em 1º de outubro de 2021. “A situação dos rios desta região segue atípica, com nível de calado abaixo das médias históricas, e a companhia segue tomando todas as medidas possíveis para operar pontualmente, de maneira ainda restritiva, em meio a este cenário durante o mês de novembro”, diz o comunicado.


Segundo a companhia, ainda que em meio a um cenário instável, o nível dos rios da região começou a apresentar tendência mais positiva com o início do período de chuvas,seguindo o comportamento histórico de recomposição do calado durante o quarto trimestre.


Fonte: Valor

2 visualizações