Buscar

Implantação de trapiche, rampa e flutuante devem melhorar atividade pesqueira no Lago do Maicá


No local, no período de seca, os pescadores enfrentam dificuldades quando precisam transportar pescados, redes e motores rabeta.


Um projeto de engenharia do trapiche, rampa de acesso e flutuante de um porto que atenderá a comunidade pesqueira do entorno do lago do Maicá e moradores do bairro Jaderlândia, em Santarém, no oeste do Pará, deve melhorar o acesso e contribuir com o turismo de base local.


Desde 2013 a comunidade se organiza para melhorar o acesso ao lago, que enfrenta dificuldades principalmente no período de seca, quando os pescadores precisam transportar pescados, redes, isopores e até motores rabeta.


O projeto foi desenvolvido pela Companhia de Portos e Hidrovias do Pará (CPH) e Centro Regional de Governo do Baixo Amazonas (CRGBA) para atender a demanda da Colônia de Pescadores Z-20.


Fonte: G1

53 visualizações