Buscar

Maior eficiência nas operações logísticas, nos acessos ferroviários e fomento à navegação interior


Foi realizado nesta quarta-feira, 24 de fevereiro, em Brasília (DF), o lançamento do Brasil Export 2021 – Fórum Nacional de Logística e Infraestrutura Portuária. A iniciativa foi prestigiada por autoridades do Ministério da Infraestrutura, da Apex-Brasil, da Antaq, do Senado Federal, do Instituto Brasil Logística (IBL), do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) e por lideranças de associações representativas do setor, empresários e conselheiros do Brasil Export.

A qualidade do conhecimento técnico do corpo de conselheiros e o caráter permanente do Fórum foram fatores elogiados pelo secretário-executivo do Ministério da Infraestrutura, Marcelo Sampaio. Ele esteve presente ao evento junto à Diretora de Programa da Secretaria, Mariana Pescatori. É o segundo ano consecutivo pelo qual o Ministério formaliza apoio institucional ao Brasil Export. Devido à parceria, a data de realização do Fórum Nacional foi remanejada para os dias 28 e 29 de setembro, como parte das atividades de celebração da Semana do Ministério da Infraestrutura em 2021.


Sampaio ressaltou o compromisso da pasta em aumentar a eficiência das operações logísticas no Brasil. “Assim entraremos em uma rota de crescimento e de prosperidade. Esse País está vocacionado para ser gigante”. Como exemplo de realização da comunidade portuária, o secretário-executivo lembrou que nesta semana o Porto de Santos foi homologado para receber embarcações de 366 metros de comprimento, fato que irá refletir em aumento de capacidade e em redução de custos nas operações. “Estamos aqui entre vencedores. O ano passado não foi fácil, impôs desafios e tivemos que criar novas formas de trabalhar, mas aumentamos nossas movimentações e garantimos o abastecimento do País”, destacou.


O secretário nacional de Portos e Transportes Aquaviários, Diogo Piloni, participou de forma online do lançamento e disse que, a exemplo de 2020, se esforçará para integrar as atividades do Fórum e interagir com os agentes do setor. “Enquanto formuladores de políticas públicas devemos aproveitar esse espaço que congrega lideranças e formadores de opinião. Temos que estar abertos a debates e também sermos criticados”. Ele enfatizou que o principal objetivo de todos é comum, pelo bem do Brasil.


A intensa agenda de leilões de arrendamentos no setor para este ano foi enfatizada por Piloni. Em 2020, 8 leilões foram realizados e a tendência é esse número crescer substancialmente em 2021. O secretário também afirmou esperar que o diálogo com a iniciativa privada ajude a planejar uma política de fomento para a navegação interior, assim como foi feito com o programa de incentivo à navegação de cabotagem – BR do Mar.


O diretor da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), Adalberto Tokarski, sugeriu que o Brasil Export, além de promover debates e o diálogo entre profissionais do setor, estabeleça uma agenda de acompanhamento de desafios referentes à logística em território nacional. “Eu reforço como pauta importante discutir uma política para a navegação fluvial, que olhe o transporte de cargas, o transporte de passageiros, e também a questão da sustentabilidade. Nós temos vários exemplos, inclusive de países da América do Sul, que utilizam embarcações com tecnologia bem mais eficiente do que a gente”.


Tokarski também se colocou à disposição para um movimento que acompanhe mais de perto o aperfeiçoamento dos acessos ferroviários aos portos brasileiros. “Nós temos vários problemas de acessos ferroviários. Há casos em que uma ferrovia funciona por 1.000, 1.500 km, mas há um gargalo exatamente na chegada ao porto. Por isso, acredito que esse também seria um ponto específico de discussão, e me coloco à disposição para participar não só deste debate, mas de todo os outros que o Brasil Export promover durante este ano”.


O senador Wellington Fagundes (PL-MT), presidente da Frente Parlamentar Mista de Logística e Infraestrutura (Frenlogi), afirmou que fez questão de estar presente ao lançamento e disse que seu mandato está de forma permanente disponível para a missão de discutir e aprimorar a infraestrutura no Brasil. Fagundes reforçou a importância da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 39/2015, de sua autoria, que estabelece a normatização das concessões e permissões de serviços públicos por lei complementar, garantindo maior segurança jurídica para investimentos realizados no País. Ele também disse ser necessário equilibrar de maneira mais inteligente a matriz nacional de transportes, ainda excessivamente concentrada no modal rodoviário, fator que reduz a competitividade da produção brasileira.


A necessidade de acelerar a vacinação da população brasileira contra a Covid-19 também foi lembrada pelo senador, que aproveitou a oportunidade para dizer que o Congresso está empenhado em auxiliar o Poder Executivo nessa questão. “Precisamos vacinar, vacinar e vacinar. Não podemos deixar que os brasileiros não tenham oportunidade de receber a vacina. O Brasil precisa crescer, e com justiça social acima de tudo”.


Brasil Export em 2021

O planejamento do Fórum Brasil Export para 2021 prevê a realização de mais de 100 reuniões de seus Conselhos, mais de 50 webinários, seis fóruns regionais e três missões internacionais (a Portugal, Singapura e Emirados Árabes, esta última dentro da programação do concorrido evento global Expo Dubai). O presidente do Conselho Nacional, José Roberto Campos, reforçou que o aperfeiçoamento das operações logísticas e da atividade portuária é fundamental para a desenvolvimento econômico do País.


O CEO do Fórum, Fabricio Julião, conduziu a cerimônia e agradeceu a participação presencial e online de autoridades e conselheiros de todo o Brasil. Ele destacou o apoio do Ministério da Infraestrutura às atividades do Fórum e lembrou que a primeira live promovida pelo Conselho Nacional este ano está agendada para o próximo dia 23 de março, com o próprio secretário-executivo Marcelo Sampaio.


Fonte: Brasil Export

7 visualizações
Setor de Autarquias Sul (SAUS), Quadra 1, Bloco J, Entrada 10, Edíficio Clésio Andrade, sala 508, Cep:  70070-944

Contato: (61)3224-1008
faleconosco@fenavega.com
Siga nossas redes sociais:
  • Facebook Social Icon

© 2020  - Federação Nacional das Empresas de Navegação Aquaviária