Buscar

Movimentação de cargas no Porto de Cabedelo registra aumento de 11,4% em fevereiro

A Companhia Docas da Paraíba (Docas-PB) registrou um aumento de 11,41% na movimentação de cargas no mês de fevereiro, quando comparado ao mesmo período de 2019. O mês teve o registro de importações e exportações, com destaque para o coque de petróleo, trigo e ilmenita. Levando em consideração o primeiro bimestre do ano, a balança operacional do Porto de Cabedelo registrou um aumento de 10,57% em relação aos dois primeiros meses de 2019. Foram 14 navios no período e um total de 184.350 toneladas movimentadas, sendo 108 mil de granéis sólidos e quase 76 mil de granéis líquidos. “Em janeiro já tínhamos registrado um aumento de quase 10%, o que é um resultado excelente. Quando terminamos fevereiro, o relatório gerencial já mostrava um aumento de 11%, o que é mais um motivo para celebrar o trabalho que toda equipe está fazendo no Porto de Cabedelo”, comemora Gilmara Temóteo, presidente da Docas-PB.

O mês de fevereiro também registrou uma movimentação pioneira no Porto de Cabedelo. O navio Sepetiba Bay atracou no em 11 de fevereiro com a missão de embarcar 28 mil toneladas de petcoke da Paraíba para o Rio de Janeiro. A grande diferença está em um modelo de eficiência que foi aplicado com o uso de placas de metal para conter o granel, evitar a perda de material e dar mais agilidade. A operação aconteceu em cerca de 5 dias. Indo até o dia 16 de fevereiro. Aconteceu, ainda, o embarque de 20 mil toneladas de ilmenita para a França. O minério, procedente de Mataraca/PB, é usado em pigmentos, ligas metálicas e revestimentos. O embarque dessa carga durou cerca de quatro dias e, como afirma a presidente, foi fundamental para a balança operacional do Porto de Cabedelo. Fonte: Paraíba Já

0 visualização
Setor de Autarquias Sul (SAUS), Quadra 1, Bloco J, Entrada 10, Edíficio Clésio Andrade, sala 508, Cep:  70070-944

Contato: (61)3224-1008
faleconosco@fenavega.com
Siga nossas redes sociais:
  • Facebook Social Icon

© 2020  - Federação Nacional das Empresas de Navegação Aquaviária