Buscar

Movimentação nos terminais rodoviário e hidroviário de Belém segue intensa nesta sexta-feira (8)

Só no Terminal Rodoviário, a expectativa é que 14.200 passageiros viagem no segundo fim de semana de julho


A saída da cidade neste segundo fim de semana de julho tem movimentado os terminais de Belém, tanto para quem pretende seguir viagem pelos rios, quanto pelas rodovias. No Terminal Hidroviário Luiz Rebelo Neto, a procura por passagens para o Marajó tem se mantido intensa. Já no Terminal Rodoviário, em São Brás, os destinos mais populares continuam sendo Mosqueiro, no Pará, e São Luís, no Maranhão. Considerando os demais destinos, a previsão é de 14.200 embarques rodoviários só neste fim de semana.


No Terminal Hidroviário, a dona de casa Maria Martins, de 36 anos, disse que reservou a passagem com antecedência para o município de Ponta de Pedras, no arquipélago do Marajó, porque já chegou a tentar comprar no dia, em anos anteriores, e não encontrar mais bilhetes à venda para o destino: “Já cheguei aqui, em outros anos, e não ter mais passagem. Aí ficou a lição: se você quiser viajar no dia, tem que reservar”.


Acostumada a ir a Ponta de Pedras com frequência, Maria compartilhou a estratégia para garantir a vaga na embarcação: “é chegar e vir logo para a fila, sem dar volta pelo comércio ou sem ter mais nenhuma atividade para fazer na rua. Só chegar e ficar na fila. Porque a procura é muito grande, principalmente para o Marajó”.


A movimentação, neste segundo fim de semana do mês de férias escolares, já vem superando as semanas anteriores, mas o movimento de saída pode ficar ainda maior, avalia o agente de passagens Nazareno Pantoja: “A movimentação já começou a aumentar, tem sido uma procura significativa, apesar de que os maiores volumes de passageiros, por aqui, costumam ser na terceira e quarta semana de julho”.


Nazareno confirma a percepção da passageira Maria Martins ao afirmar que os destinos no Marajó tem sido os mais procurados pelos viajantes: “As embarcações que vão pra lá tem saído todas lotadas. As pessoas têm impressão de que tem pouco barco, mas não é. É que a procura tem sido grande mesmo”.


Viagens para o interior movimentam o Terminal Rodoviário

No Terminal Rodoviário de Belém, a movimentação era intensa nos guichês que vendem passagens para outros municípios do estado. A vendedora Jéssica Socorro aguardava o embarque, ao lado dos dois filhos, com destino à Vigia de Nazaré, no nordeste do estado: “A gente vai tirar um tempo de descanso né? Eu já volto na segunda-feira, mas os meninos vão aproveitar mais e passar o mês todo com o pai, lá em Vigia”.


Segundo Jéssica, o tempo de espera para a compra das passagens não foi grande, apesar da quantidade de pessoas na fila. A decisão de viajar no segundo fim de semana de julho não foi aleatória: “A gente deixou para esse fim de semana porque ainda está tranquilo. Depois, fica mais cheio”.


A Companhia de Portos e Hidrovias do Pará (CPH) tem a expectativa de receber, em média, 3 mil pessoas por dia, durante as férias escolares de julho no Terminal Hidroviário de Belém. No ano passado, cerca de 77 mil usuários passaram pelo terminal no mesmo mês.

Já a Sociedade Nacional Apoio Rodoviário Turístico (Sinart) tem a estimativa de que o público no Terminal Rodoviário de Belém para o mês de julho será de, aproximadamente, 126.400 passageiros embarcados, um aumento de 35% com relação ao ano anterior (2021).


Fonte: O LIBERAL



0 visualização