Buscar

Operação 'Educação na Hidrovia I' inicia atendimentos de saúde e cidadania no oeste do Pará


A Marinha do Brasil promoveu, nesta segunda-feira (29), atendimentos de saúde e cidadania na vila balneária de Alter do Chão, em Santarém, que dá início a operação “Educação na Hidrovia I” no oeste do Pará. Além de beneficiar usuários das hidrovias e a população ribeirinha com os atendimentos, a operação objetiva conscientizar as pessoas sobre a preservação do meio ambiente e prevenção de acidentes.


“O objetivo é desenvolver comportamentos positivos que contribuam na prevenção de acidentes e na preservação ambiental. Também visa impulsionar o desenvolvimento econômico sustentável das comunidades ribeirinhas e prestar atendimentos médicos e odontológicos”, explicou o Comandante do Grupamento de Patrulha Naval do Norte, Capitão de Mar e Guerra Ricardo Jaques.


Os atendimentos continuam na vila na terça-feira (30). No dia seguinte, quarta-feira (31), a equipe do Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Norte, com o Navio-Auxiliar Pará (NAPará), e cerca de 120 militares, se deslocam para Santarém, próximo ao novo Terminal Hidroviário. Os atendimentos iniciam às 10h30 e vão continuar na quinta (01) e sexta-feira (02), na cidade.


As ações são destinadas para as pessoas que vivem e atuam próximas dos rios Tapajós, Tocantins e Região dos Estreitos. A população recebe serviços odontológicos, clínico-geral, de mamografia, exames laboratoriais de rotina, teste rápido para Doenças Sexualmente transmissíveis (DST), distribuição de medicamentos e vacinação.

Os participantes recebem ainda palestras sobre segurança da navegação, combate ao escalpelamento, prevenção contra vandalismo de sinalização náutica, prevenção contra exploração sexual infantil, regularização de embarcações, e atividades para incentivar o desenvolvimento e a cidadania no Distrito de Alter do Chão e nas cidades de Santarém, Almeirim, Porto de Moz e Breves.


O Capitão dos Portos de Santarém, Capitão de Fragata Robson Ferreira, ressaltou que as ações reforçam o compromisso da Marinha do Brasil, por meio do Comando do 4º Distrito Naval e do Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Norte, em oferecer serviços para os que mais precisam. “A operação ajuda os ribeirinhos mais carentes a realizarem exames complexos”, afirmou.


Ele destacou ainda que a Ação Cívico-Social (Aciso) é importante por promover a cidadania, trabalhar em prol da melhoria da qualidade de vida da comunidade e aproximar a sociedade da Marinha do Brasil.


A operação tem parceria com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Universidade Federal do Pará (UFPA), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Pará (Emater), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Tribunal de Justiça do Estado do Pará (TJE-PA) e Governo do Estado do Pará.


A previsão é de que sejam realizados mais de 2.200 atendimentos. Nas outras seis operações realizadas em 2018, foram distribuídos 40.047 medicamentos, 9.567 atendimentos médicos e odontológicos e 5.034 exames preventivos.


Depois de Santarém, o cronograma de ações para as outras cidades é: de 4 a 6 de novembro, em Almerim, de 6 a 8 de novembro, em Porto de Moz, e 9 a 12 de novembro, em Breves.


Horário de atendimento

Alter do Chão, fundeado em frente ao Centro de Apoio ao Turista (CAT):

30/10 - 08h às 17h

Santarém, fundeado próximo ao novo Terminal Hidroviário de Santarém (porto DER):

31/10 - 10h30 às 17h

01/11 - 08h às 17h

02/11 - 08h às 17h

Fonte: G1

3 visualizações
Setor de Autarquias Sul (SAUS), Quadra 1, Bloco J, Entrada 10, Edíficio Clésio Andrade, sala 508, Cep:  70070-944

Contato: (61)3224-1008
faleconosco@fenavega.com
Siga nossas redes sociais:
  • Facebook Social Icon

© 2020  - Federação Nacional das Empresas de Navegação Aquaviária