Buscar

Por meio de convênio com o DNIT, dragagem do Porto de Recife é concluída

No total, foi dragado um volume de aproximadamente 1 milhão de metros cúbicos de sedimentos


A obra de dragagem do Porto de Recife, em Pernambuco, foi concluída no último mês. Realizado por meio de parceria entre o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e o Governo de Pernambuco, o serviço teve como objetivo estabelecer profundidade suficiente, facilitando a navegação e a chegada de navios de maior carga ao local. Os recursos são fornecidos pela Autarquia e a obra foi executada pelo Porto de Recife.


Com investimento de R$ 27,9 milhões, o contrato de serviço incluiu os trabalhos de dragagem, de levantamentos hidrográficos inicial e final e de elaboração do projeto executivo. No total, foi dragado um volume de aproximadamente 1 milhão de metros cúbicos.


A dragagem é o serviço de desassoreamento e desobstrução dos berços de atracação, canais de acesso e bacias de evolução. Os resultados do trabalho são expressivos em termos de profundidades atingidas: antes a faixa de 9,7 m nos berços 3 e 4 era a de melhor profundidade, e após o serviço foi atingida a cota de projeto de 11 m (mínimo) entre os berços 2 e 6. Nestes trechos, considerando a tolerância de 1,3 m, a profundidade alcançada chega a 12,30.


Já no terminal açucareiro (berços 00 e 01), a profundidade antes da obra estava em torno de 8 m de profundidade, sendo retomada a cota de projeto de 10 m (mínimo) e tolerância de 0,8 m, de modo que a dragagem vai até a profundidade 10,80 m.


Além disso, foi proporcionado ganho para o canal com a cota de projeto de 11 m e tolerância de 0,3 m, e na região mais central do acesso portuário, que constitui o trecho IV do canal, foi adotada tolerância de 0,60 m. Essas profundidades adicionais na faixa de tolerância cumprem a importante função de aumentar a capacidade dos trechos em acomodar o assoreamento natural, o que mantém a cota de dragagem por um maior período.


Em termos de calado operacional, a dragagem possibilita que o Porto de Recife passe a adotar como referências os valores de 10,7 m nos berços 02 a 06 e 9,7 m no terminal açucareiro, sem contar eventuais operações com maré alta.


Porto de Recife - O Porto do Recife fica na parte leste da cidade, às margens dos rios Capibaribe e Beberibe, e é administrado pelo governo do Estado de Pernambuco. O local atende um raio de mil quilômetros, incluindo os estados da Paraíba, Rio Grande do Norte, Alagoas, Sergipe, Piauí, Ceará e Bahia. Está dentro da rota de navegação do Mercosul e das principais rotas internacionais.


Fonte: Coordenação-Geral de Comunicação Social - DNIT

1 visualização